No Hard Feelings

2
Permite-me que te espere como gostaria de acreditar que o amor espera. Sem pesar ou resignação, sem movimento e sem reacção. Longe do conformismo ou do excesso do optimismo. Como sabermos a factualidade da morte e embora nunca a tenhamos experienciado, crermos conhecê-la de cor, do medo à impossibilidade de a combatermos. Alheios à resignação e de braços abertos ao mundo, aquele que é redondo e nos obriga a encontrarmos sempre aquilo que só faz sentido como um reflexo primário e irracional do nosso sentir. Prevê-se que o tempo vá passando e tal como os planetas, o nosso alinhamento aconteça dentro de período indefinido. Alquimias naturais de uma selva em nós tão violentamente plantada, nos versos da pele que gritará em plenos pulmões a voz do amor de outro alguém.
COMPARTILHAR
Artigo anteriorAquele lugar
Próximo artigoOrlando

2 COMENTÁRIOS

  1. Já o velho ditado dizia quem espera sempre alcança. Gosto da tua forma de pensar. Que ele existe, está apenas à espera, daquele momento certo, para aparecer. Costumo ouvir a pergunta, estás à espera do príncipe no cavalo branco? À qual respondo que o cavalo é dispensável.

  2. Esperarei o tempo necessário, esperarei toda a minha vida com calma e sempre o mesmo amor. Esperarei com os braços abertos, sempre com o mesmo calor para te reconfortar. Esperarei pacientemente, pois és tu que povoas meu pensar diurno e nocturno. Esperarei porque sem procurar encontrei o meu coração no teu. esperarei porque sei que é para a vida este meu sentir. Esperarei pois és tu que fazes germinar este quintal que todos os dias rego com o mesmo amor e encho de cores e sons que tu um dia me cantas-te. Esperarei porque no dia que foste refrão ao entrar no meu coração, logo viras-te canção para a vida.
    Esperar-te-ei porque te amo. Serei teu ombro amigo, teu conforto, te ajudarei a voar entre lençóis e na vida, aceitar-te-ei como és teus defeitos e qualidades, gosto de ti assim. Ajudar-te-ei a crescer e sei que crescerei também contigo. Eu espero porque só a ti te quero

    Beijinho da tua sempre Cristina Vieira
    Zé B.

DEIXE UMA RESPOSTA