Não

1
Não queiras o que não sabes amar
Não te esforces por encontrar pretextos para não o fazeres
Não me tomes como um reflexo das tuas dúvidas
Não fiques para me deixar só mais uma vez
 
Não queiras o que não sabes se queres
Não te empenhes em destruir o que somos
Não me julgues pelo que gostavas que te tivesse feito
Para que pudesses deixar-me sempre com a certeza de poderes ficar
 
Não me personalizes nos obstáculos que idealizas e nutres
Não me recrimines por ser tudo aquilo que não te permite esquecer-me
Não implores ao tempo que nos roube o que já foi vivido
Não te enganes na tentativa de me enganar quando ambos nos sabemos com uma verdade inquestionável 
 
Não esperes que te abandone só porque tu já o fizeste
Não desejes que te falhe para que me possas culpar
Não nos digas não quando ridiculamente transbordas sim
Não comeces a nossa história sempre pelo fim
 
Não sucumbas a essa encruzilhada por onde te perdeste sem nós
Não me abraçes sem quereres querer apenas por saberes que quererás sempre
Não menosprezes a solidez das nossas construções apenas porque tens a luz de uma divisão fundida
Não me faças odiar amar-te por saber que me amas e me tornas a vida fodida. 
Zé Manel
COMPARTILHAR
Artigo anteriorO Pigmeu
Próximo artigoLook Book – Femme –

1 COMENTÁRIO

  1. Amo-te tanto

    O que tenho de fazer
    para te fazer ver
    que és meu amar
    a toda a hora meu pensar
    só te amo a ti
    Só te quero a ti
    perto de mim
    todos os dias rego nosso jardim
    respeito-te
    desejo-te
    amo-te
    amo-te como nunca amei ninguém
    sei que me amas também
    sei que queres estar comigo
    de segunda a domingo
    sei que comigo queres estar
    para quÊ esperar
    para quÊ adiar
    se é tão grande nosso amar
    quero-te muito amor
    fazes-me sentir uma flor
    á minha vida ás cor
    És o meu grande amor
    vem me buscar
    vamos nos amar

    Para ti Zé Bicho da tua para sempre Cristina

DEIXE UMA RESPOSTA