Hamburgueria do Bairro

0

Bem, esta semana devemos confessar que estávamos um pouco preguiçosas para descobrir um local novo adequado às nossas exigências e então decidimos visitar um velho amigo que ainda não vos tínhamos sugerido mas do qual vale sempre a pena falar. E degustar.

Fomos então à famosa “Hamburgueria do Bairro” no Príncipe Real e não ficámos arrependidas de lá voltar.

As opções existentes de hambúrgueres artesanais são variadas e originais, com sabores e ingredientes bem diferentes de qualquer MacDonalds ou derivados. Têm nomes engraçados e são todos muito bons.

Para os amantes de carne há boas notícias pois cada hambúrguer leva 160gr de carne de vaca (nada de minhocas)  e nem os vegetarianos foram esquecidos. Há três opções vegetarianas também elas muito apelativas. Eu não sou vegetariana e comi o Hamburger Portobello que estava bem apetitoso e não me deixou com fome.

A acompanhar há batatas fritas com ervas muito estaladiças e sem óleo e quem quiser pode pedir batata doce frita por mais um euro e vale bem a pena pois são ainda mais deliciosas que as normais, sendo que também há salada para quem no meio destas delicias queira manter a dieta.

Para beber além das bebidas da praxe há uma groselha caseira aromatizada com canela e limão que é bem melhor que qualquer refrigerante de lata, e limonada com hortelã que no verão é óptima para combater o calor.

As sobremesas não se ficam atrás do resto do menu mas só experimentámos uma, o cheesecake de frutos silvestres que só tivemos pena de não ser gigante ehehe.

Em suma a hamburgueria do bairro continua boa de saúde e recomenda-se, já abriram várias na cidade de Lisboa e também uma no Funchal, podem consultar qual a que mais vos convém no site http://www.hamburgueriadobairro.com/ Em relação ao preço está dentro do nosso orçamento de 10€, pagámos pouco mais de 8€ cada uma e saímos bastante satisfeitas, só não recebe 4 batatas doces porque o serviço de mesa na esplanada é lento. Cada vez que precisávamos de alguma coisa era preciso fazer sinais de luzes aos empregados para sermos atendidas e nem tínhamos pedido sobremesa já nos tinham feito a conta. Ainda assim não perdemos a vontade de lá voltar.

image1

COMPARTILHAR
Artigo anteriorThe shinning
Próximo artigoGreen boots

DEIXE UMA RESPOSTA