Camisola

0

Amanhã é sábado, e ao sábado à tarde visto sempre a mesma camisolaé a camisola preta… larga…desbotada do sol, quase castanha…

é a camisola preta de todos os sábados.

Todos os sábados passeio com ela, pelo passeio do cemitério, não pelo passeio central do cemitério,

passeio-me com ela, pelo passeio que rodeia o cemitério, 

aquele passeio a que chamam ao redor do amor……..ao sábado à tarde

A minha camisola preta, foi comprada na feira do cemitério, aquela feira cá de fora ao sábado de manhã,

Eu visto-a aos sábados à tarde.

Se visses, 

eu falava-te 

dela, 

ao redor do Amor

confesso que falava

e tu vias

ao redor…….________________________________

 

( inacabado RM ) 

 

 

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCarnaval
Próximo artigoArtecasa

DEIXE UMA RESPOSTA